domingo, 11 de dezembro de 2011

Marley e eu (John Grogan)

O livro conta a história de amor entre um cachorro e seu dono. O autor demonstra como pode ser forte a relação do ser humano com o animal, como ele pode ser importante na vida de um casal. 

John e Jenny haviam se casado a um ano . Já tinham muita vontade de ter filhos, mas como um dia John deu para Jenny uma planta Comigo-ninguém-pode e a planta morreu nos primeiros dias, achavam que precisavam "testar" seus instintos maternais cuidando de um cão.

Jenny havia achado um anúncio na seção CÃES no jornal, que dizia "Filhotes de labrador, amarelo. AKC raça pura. Todos os matrizes. Pais no local" . Quando finalmente John aceitou, foram ver os filhotes. Na porta do "canil de fundo de quintal" encontraram Lori, a criadora, acompanhada por Lily, a orgulhosa mamãe. Mas o pai não estava lá. John e Jenny nem se importaram e foram correndo ver os filhotes. Um macho havia chamado a atenção deles; os filhotes machos estavam por 375 dólares , mas Lori disse que fazia por 350 aquele que eles tinham gostado. Eles adoraram o filhote e Lori disse que depois de 3 semanas poderiam levá-lo para casa. Ao irem embora, viram um grande Labrador cheio de lama correndo para os quintais da casa da criadora. Eles haviam acabado de conhecer o pai dos filhotes. 

John e Jenny começaram a brigar por causa do nome, mas depois de muita discussão decidiram que o filhote se chamaria Marley, ou melhor: Grogan's Magestic Marley Of Chunchill. 

Chegando em casa - John ficou as três semanas lendo mais sobre cachorros, até que chegou em uma frase que lhe assustou "Os pais são uma das melhores do futuro temperamento de seu novo filhote, Grande parte do comportamento é herdado" - Jenny havia viajado com a família para Orlando, e quando Marley chegou gritou tanto de medo que John colocou-o para dormir ao lado de sua cama.

Senhor Terremoto - Marley estava crescendo a uma velocidade incrível, e todas as visitas diziam "A casa de vocês já é a prova de bebês".

Uma noite Jenny se sentiu meio estranha, e quando ela fez o teste de gravidez constatou que estava grávida. Depois ela foi ao médico, que havia confirmado a gravidez. Quando foram fazer o ultra som não viram nada, e depois constataram que o feto estava morto.

No dia seguinte foram a uma prainha e ficaram brincando com Marley, e John ficava sacaneando ele por não conseguir pegar o graveto. Ao amanhecer do dia seguinte, John foi comprar um buquê de flores, e na volta foi comprar um osso gigante para Marley. Ao chegar em casa, Marley havia comido todos os cravos , fazendo Jenny ficar mais alegre.

Quando Marley tinha apenas seis meses, foi inscrito em aulas de adestramento, mas foi expulso na segunda aula. John ficou inconformado e começou a treiná-lo em casa. John e Jenny haviam decidido castrar Marley para diminuir sua hiperatividade.

John e Jenny foram viajar para a Irlanda, deixando Marley sob os cuidados de uma amiga, Kathy. Na Irlanda, aproveitaram bem e quando voltaram, Kathy estava pronta para ir embora, e semanas depois descobriram que Jenny estava grávida novamente.

Esta gravidez foi diferente. Jenny se afastou dos produtos químicos e compraram meias para o bebê. No aniversário de Jenny, John comprou um lindo colar para Jenny, que Marley engoliu no mesmo dia. Três dias depois, acharam o colar nas fezes de Marley. 

Nove meses depois, o dia tão esperado chegou. Era um menino, e se chamaria Patrick, o nome do primeiro Grogan a chegar nos Estados Unidos. Marley foi muito pacífico com o bebê, tornando-o seu melhor amigo.

Quando Patrick completou 9 meses, Jenny engravidou novamente, mas aos cinco meses de gravidez, o bebê começou a fazer contrações , obrigando Jenny a ficar na cama por algumas semanas. Quando completaram sete meses de gravidez, o bebê nasceu e se chamaria Connor. Marley o aceitou do mesmo jeito.

Marley fez o teste para um filme A Última Jogada , e passou.

A família se mudou para Boca Raton, onde tiveram Collen, a primeira filha..

John encontrou um novo emprego que seria na Pensilvânia. A Organic Gardening, estava procurando um novo editor-chefe. Uma revista chamada Organic Gardening (publicada até hoje) fora lançada em 1942 por J. I. Rodale. A teoria de Rodale era de que os produtos químicos estavam lentamente envenenando a terra e seus habitantes. Então J.I. Rodale começou a fazer experiências com técnicas de agricultura que imitavam a natureza usando material produzido por plantas em decomposição como fertilizante e nutriente natural para o solo depois que esse material havia se transformado em um riquíssimo húmus escuro. Na agricultura orgânica não é permitido o uso de substâncias que coloquem em risco a saúde humana e o meio ambiente.

A família então se mudou para a Pensilvânia onde John iria trabalhar. As crianças e Marley conheceram a neve, que fornecia muitas brincadeiras para a família.

Marley envelhecera e aos quatorze anos teve que ser sacrificado. Foi enterrado sob as cerejeiras e algumas semanas mais tarde viram um cão idêntico a Marley sendo doado no abrigo de cães da cidade. A família então achou que ele havia renascido dos mortos.